maio
12

Posse Responsável- vamos lutar por essa causa.

Posse Responsável- vamos lutar por essa causa.

A equação é simples: existem mais animais do que lares para eles. Em busca de uma solução rápida, as autoridades da saúde muitas vezes recorrem a captura e eliminação. Milhares de animais são mortos, nem sempre de forma humanitária, por falta de informações, de incentivos e subsídios à esterilização (castração).

Segundo o Comitê de Especialistas em Raiva da Organização Mundial da Saúde (OMS), reunido em 1992, a captura e eliminação de animais não representa medida de controle da doença, pois não atua nas causas do problema: a procriação descontrolada de cães e gatos e a irresponsabilidade/ignorância dos seus proprietários.

Em seus 20 anos de atividades, a ARCA Brasil ajudou a consolidar no país o conceito de Posse Responsável. Entre outras ações, trouxe a técnica do gancho (que possibilita cirurgias de castração mais rápidas e menos invasivas), assessorou na implementação de programas municipais pioneiros que combinaram o poder público, clínicas veterinárias e comunidade, com repercussão internacional. Hoje, esses trabalhos são modelos para ações semelhantes em diversos municípios brasileiros - incluindo a cidade de São Paulo.

Essa experiência se espalhou por meio de grandes eventos - como as três edições do Congresso do Bem-Estar Animal -, de publicações como o guia “Controle de Zoonoses e as Interações Homem-Animal”, ou ainda por palestras e orientações a dezenas de cidades.

Conheça a ARCA Brasil e se informe sobre o que poder ser feito em prol dos animais.
ARCA Brasil - Associação Humanitária de Proteção e Bem-Estar Animal
Rua Harmonia, 927 - CEP 05435-001 - São Paulo - SP

agosto
11

Destino

Posted In: Bichos by Simone Castillo

caes1 Olá amigos,

A dica do dia de hoje é uma reflexão.
Olhe bem para a foto acima:

É sempre bom ser legal com as pessoas porque as coisas mudam ao longo do tempo.

Bjus e boa semana.

agosto
4

poster Olá amigos,

Quantos animais abandonados nas ruas! Quanto sofrimento!
Eu, há muito tempo decidi que não queria comprar um cachorro e sim adotar. Adotei dois! São tudo de bom! Me dão alegria e um prazer imenso saber que salvei a vida de dois anjinhos.
Por isso, peço a vocês que pensem na possibilidade de adotar um cão ou gato ao invés de comprar. Existem milhares que estão abandonados e sofrendo só esperando por um amigo(a), uma casa, comida e carinho. Que se dane o que os outros vão achar, se seus vizinhos vão te criticar porque vc adotou um viralata. e daí? Você deve fazer o que é certo, o que seu coração mandar. Quando vc compra um animal, vc alimenta uma indústria que muitas vezes também maltrata . Animais são criados em péssimas condições por criadouros inescrupulosos que só querem saber de lucro.Enquanto isso, milhares estão nas ruas, adoecendo, passando frio e fome, esperando que alguém os queira. Todos podemos ajudar.. fazendo uma pequenina parte, já estamos melhorando o mundo. Pensem nisso.

maio
2

Amigos

Posted In: Bichos by Simone Castillo

al-gabrielstanley1
Olá amigos,
Minha cunhada me enviou este vídeo pois sabe de meu amor pelos animais. Como sempre, aprendemos com eles, nas coisas simples, a pureza, a tolerância e que o amor está acima de qualquer sentimento ou preconceito.
A amizade pode acontecer independente de raças, crenças, sexos, preferências. O que importa é que todos precisamos de alguém para amar, para brincar, com quem dividir, compartilhar. A vida agitada de quem trabalha e precisa bater metas, cumprir prazos, ouvir broncas, dar broncas, precisa também de momentos como este aonde o mundo pode cair que estamos relaxando.

março
20

esse é o odie Olá amigos,
É comprovadamente sabido que quem tem um animal de estimação, vive mais e mais feliz. Cahorro, gato, passarinho… não importa o animal com o qual você se identifica, o importante é que esta energia e este amor trocados fazem um bem imenso para nós seres humanos.
Eu, por exemplo, tenho cães, gato, passarinhos… adoro tudo e sabe, existem momentos ao longo do dia em que o estresse e a pressão ficam insuportáveis- então é hora de dar uma paradinha e interagir com algum animal.. Você aprende tantas coisas!
Aprende que não existem só metas a serem cumpridas, mau humor, correria, comer rapidamente, brigas… existe um mundo paralelo aonde você é o ser mais importante, com seus defeitos e imperfeições, com seus quilos a mais ou a menos, com a sua cara lavada, despenteado(a).. você é o ser mais importante e mais lindo do universo, não importa o que você faça.
Isso faz muito bem para nossa alma.
Se você não tem nenhum animal em sua vida, pense a respeito. Incluir um pet, com responsabilidade, pode mudar muito a maneira como você pensa sobre certas coisas e pode mudar muito sua vida.

março
18

Gatos que mudaram a civilização

Posted In: Bichos by Simone Castillo

 catSMUDGE – A gata que se filiou a um sindicato.

Na Europa pode ser muito difícil prosperar sem pertencer a um sindicato. Esse foi o caso de um empregado do People’s Palace, um museu com jardim de inverno localizado em Glasgow, na Escócia. O trabalhador em questão é uma gata,ex-moradora de rua, chamada Smudge. De 1979 até sua aposentadoria , em 1990, ela trabalhou como caçadora de ratos do prédio. Smudge tornou-se uma celebridade, servindo de símbolo para vários grupos locais e emprestando o focinho para souvenirs do museu, de estátuas de cerâmica a camisetas.Em 1987,quando ela desapareceu por três semanas, os apelos das autoridades locais, ajudaram a encontrá-la e levá-la de volta.
Mas a grande justificativa para a fama de Smudge foi seu cartão de filiação ao sindicato. Primeiramente a equipe do museu tentou inscrevê-la como membro da associação de funcionários do governo, mas ela foi rejeitada. Então Smudge foi inscrita no sindicato de fabricantes de caldeiras que alegremente a incluiu entre seus membros. Ela permaneceu como leal defensora do operariado até sua morte, em 2000.
Fonte: Sam Stall

fevereiro
2

inimigos?Olá amigos,
A causa animal pede urgência. São tantas as bocas para alimentar, tantas feridas para curar, tanto amor que falta.
O animal é ser divino, inocente e puro. É melhor do que o homem , racional e tão inteligente, mas maldoso e traiçoeiro. É aquele carinho que não pergunta nada, se você está gordo, feio ou sujo; nada importa apenas você e sua alma.
Porém eles não tem quem os defenda, quem diga basta ou continue. Quem olhe por eles em meio a tantos perigos que o próprio homem traça e perpetua. Muitas vezes dá vergonha ser humano e deixar nosso semelhante, sim os animais são nossos semelhantes , à mercê das chuvas, do frio e da fome. Não; não podemos permitir isso.
Se cada um, fizer uma pequena parte; tratar bem os animais e ajudar no que for possível, não permitir abusos, defender essas criaturas órfãs, dar comida, água.. coisas tão mínimas que qualquer um pode fazer. Se pudéssemos fazer isso, certamente o número de sofredores seria bem menor e os animais poderiam viver como merecem, com dignidade em meio ao homem.
É urgente que nossa consciência grite ante os abusos e crueldades.
É urgente que nosso coração amoleça e nosso amor fale mais alto.
É urgente que os animais sejam defendidos . É urgente que pessoas que amem os animais possam se unir.
Estamos buscando um mundo melhor e isso só será possível quando o respeito pelos animais for total.

janeiro
4

Adeus Valentina

Posted In: Bichos by Simone Castillo

valentina-1996-2010 Olá amigos,
Hoje perdi uma amiga e companheira de 14 anos. Morreu minha cachorra Valentina. Tinha na alma a bondade. Era doce e abrutalhada ao mesmo tempo afinal cumpria bem sua função de cão de guarda. Tenho tantas histórias que vivemos com ela, tantas histórias de coragem e de bondade- ela gostava de todo mundo- era só conviver com ela que ela já chegava toda alegre cheirando e procurando algo para comer e como comia! era uma gulosa nata. Comia de tudo e por pura gula. Fácil de agradar.
Como era boa essa cachorra! Por isso talvez teve uma morte calma, dormindo em sua casinha… cansou; já havia cumprido sua missão aqui na terra. Foi encontrada pela manhã assim, dormindo o sono profundo.
Enterramos ela ainda pela manhã. Duro demais saber que se foi.
Animais como esse ensinam agente que vale a pena ser bom; que a justiça existe e que o mundo pode ser um lugar melhor, desde que façamos a nossa parte e tenhamos mais tolerância, paciência e porque não bondade com os demais.
Certamente está agora com meu pai, em um lugar bom que os dois mereciam. Como se diz nestas horas de angústia e dor pela perda: a vida é assim. Então que assim seja.
Adeus minha amiga querida. Adeus Valentina!

outubro
13

fe-2fe-1
Esta é a história de um cachorro que nasceu na véspera do Natal de 2002

Ele nasceu com 3 pernas - duas saudáveis e uma anormal, na frente, que teve de ser amputada.
Certamente ele não conseguia andar quando nasceu. Mesmo a sua mãe não o aceitou.
Ele foi rejeitado e desdenhado.

Seu primeiro dono também nem acreditou que ele sobreviveria. Assim sendo ele até pensou em eliminá-lo.
Naquela época, sua atual dona Jude Stringfellow entrou em sua vida e desejou cuidar dele.
Ela estava determinada a ensiná-lo e treiná-lo para andar por si só.
Ela acreditava que só precisava de um pouco de FÉ.
Por isso ela lhe deu o nome de “Faith” (= Fé).

No começo ela colocava FAITH numa prancha de surf para que ele sentisse os movimentos da água. Mais tarde lhe dava pasta de amendoim, numa colher, como um premio e recompensa por ter ficado ereto e saltar pela casa.

Até outros cachorros da casa o ajudavam e encorajavam a caminhar. Surpreendentemente, depois de apenas seis meses, como que num milagre, FAITH aprendeu a se equilibrar em suas duas patas traseiras e saltar se movendo para a frente. Depois de mais algum treinamento na neve ele pode caminhar como um ser humano!

FAITH adora passear.
Não importa para onde ele vai ele sempre atrai as pessoas à sua volta . Agora ele está ficando famoso no cenário internacional. Ele já apareceu em vários jornais e espetáculos de TV. Há, inclusive, um livro cujo título é “With a Little Faith” (Com um pouco de fé), publicado a seu respeito.
Ele chegou a ser cogitado para aparecer num dos filmes de Harry Potter.

Sua atual proprietária, Jude Stringfellow deixou seu trabalho e carreira como professora, para levá-lo através do mundo, para orar:
“mesmo sem um corpo perfeito, alguém pode ter uma alma perfeita.”

Na vida sempre acontecem coisas indesejáveis.
Talvez uma pessoa que sinta que as coisas não estão indo bem como desejaria, talvez venha a se sentir melhor mudando seu ponto de vista e ver os fatos sob uma nova perspectiva.
Talvez esta mensagem possa trazer a todos novas formas de pensar e encarar a vida.
Talvez, todos possamos apreciar e agradecer cada dia maravilhoso que se seguirá.
A Vida é uma demonstração contínua do poder do pensamento positivo e de ter fé.

Acredite em você!

Nunca perca a Fé…

setembro
18

picasso-compacCastração – Na maioria dos casos os animais doados com idade superior a 60 dias já estão castrados. Se por algum motivo o seu animal ainda não foi castrado, é necessário fazê-lo. O procedimento, preferencialmente, deve acontecer entre o segundo e o sexto mês de vida. A castração evita doenças como o câncer de mama nas fêmeas, certos comportamentos indesejáveis como a marcação de território dos machos, comportamentos agressivos, latidos, uivos e o sério problema da superpopulação de animais. (Informe-se sobre as vantagens da castração)

Registro – Identificar o seu animal aumenta as chances de que ele volte para o lar no caso de uma fuga e permite que o CCZ localize os proprietários dos animais no caso de uma captura (saiba mais). Em muitos municípios o registro de animais é obrigatório e pode ser feito pelo uso de plaquetas ou microship que contêm um número de registro, nome do proprietário e telefones para contato. Nas cidades onde a prefeitura não realiza o serviço, clínicas particulares podem fazê-lo.

Legislação – O Brasil tem a lei ambiental (Lei N° 9.605) que fala sobre as relações do homem com os animais e algumas cidades possuem códigos ainda mais específicas para animais domésticos. Em São Paulo e em Santa Catarina, por exemplo, animais não registrados que estejam transitando em ambientes públicos podem ser apreendidos e/ou os seus donos multados. Consulte a legislação da sua cidade!

Primeira ida ao veterinário – Assim que adotar seu animal, leve-o ao Veterinário para um check-up e saiba se está tudo bem com ele! Atenção especial para a vacinação: caso ele não esteja com todas as vacinas em dia, é importante atualizá-las. O cão deve ser levado ao veterinário pelo menos 1 vez no ano e sempre que o animal apresentar mudança de comportamento, falta de apetite, vômitos ou diarréia (conheça o projeto veterinário solidário e consulte um de nossos profissionais - o atendimento não será gratuito).

Responsabilidade - Leia os Dez Mandamentos da posse responsável de cães e gatos. Orientando-se por eles, você garantirá uma vida sem sofrimentos desnecessários para você e seu animal!
Fonte : Arca Brasil