março
4

69,85% das pessoas que responderam nossa enquete, disseram que não conseguem poupar dinheiro todo mês. Fiquei pensando sobre os motivos porque isso ocorre. Obviamente alguém vai dizer: salário baixo mas não é isso não. É uma questão cultural o fato de não conseguir poupar todo o mês, sabe por quê? Porque poupar é um hábito.
É necessário habituar-se a guardar dinheiro. Habituar-se a não gastar mais do que se ganha. Independente do que se ganha. Você pode achar que não vale a pena economizar, R$1,00 aqui outro acolá mas no final das contas essas economias que muitas pessoas pensam ser ridículas é o que vão somando e garantem a qualidade de vida ao longo do tempo.
É muito simples: Ser bem de vida tem mais a ver com o que se guarda do que com o que se ganha. Se você ganha bem e gasta tudo estará na mesma posição de quem ganha pouco e gasta tudo e pior do que quem ganha menos e poupa algo. Percebe que não é tão importante assim o quanto você ganha e sim se consegue poupar algo?
Repense seus hábitos. Com certeza você achará gastos desnecessários, pequenos luxos que não levam a nada e acabam minando sua conta corrente. Quer um exemplo ? Aquele estacionamento que você paga no shopping, o café com pão de queijo que se come toda tarde no bar, o happy hour quase todo dia.. e por aí vai. Aprenda a administrar os pequenos gastos pois por mais clichê que pareça a frase é bem verdadeira: é de pequenos buracos que se afunda um navio. Pense nisso.

março
2

Em nossa enquete 55,83% dos internautas não tem dificuldade de reconhecer quando erra. Isso é algo muito bom e louvável pois é difícil aceitar que erramos e mais ainda aprender com os erros, mas na verdade é isso que vai fazer com que nossas experiências sejam válidas e proveitosas.
De nada adianta termos experiências se não aprendemos nada com elas. Existem pessoas que erram, erram e continuarão errando sem aprender como evitar o erro. Isso é ridículo mas acontece com freqüência. Muitas vezes o erro é inevitável e muitas vezes é dele que saem as soluções perfeitas, mas não podemos errar demais, sem consciência.
Quando você cometer um erro (e tenha certeza que isso vai acontecer), procure avaliar profundamente os motivos que o levaram ao erro e de que forma isso poderia ter sido evitado e ainda mais, o que fazer para isso não voltar a ocorrer. É desta forma que aprendemos e melhoramos.

março
2

Olá amigos.

Este mês como todos sabemos é o mês da mulher.
Não deixa de ser preconceituoso ter um mês , um dia para a mulher… as mulheres estão dominando queiram os homens ou não. Em todos os setores cada vez mais mulheres se destacam mas por mais que isso aconteça, existe ainda um preconceito muito forte para com elas. Tanto é que basta verificar que os salários das mulheres ainda são menores que os dos homens, para um mesmo cargo por exemplo. É o velho conceito de que o homem provém o sustento e a mulher trabalha para complementar a renda da família. Gente !! Se existem cada vez mais mulheres como cabeça de família, obviamente não se trabalha para completar renda.
O fato é que a mulhereda está com tudo. Profissões antes dominadas exclusivamente por homens agora tem mulheres disputando. Vi uma repoprtagem bem legal que dizia que algumas empresas estavam dando preferência para pedreiras, encanadoras e marceneiras. Achei muito interessante a justificativa : as mulheres são mais caprichosas, mais tolerantes, faltam menos e são mais comprometidas. Olha que legal.. se pensarmos bem tudo isto é a mais pura verdade.
Eu por exemplo, sempre trabalhei cercada de homens , mesmo porque no meu ramo ( metalurgia) não havia espaço para mulheres.. Pouco a pouco fui quebrando este paradigma, para isto foi preciso reeducar funcionários, fornecedores e até clientes ..mas o resultado tem sido bom, as mulheres que trabalham comigo hoje são mais competentes e comprometidas comigo do que os homens que estiveram nos mesmos cargos. Isto não quer dizer que tudo sejam flores.. com mulheres é preciso mais tato, mais sensibilidade e mais compreensão por parte da chefia, mas o resultado pode ser muito superior e valer muito a pena.