junho
15

Nossa enquete sobre satisfação no emprego atual foi finalizada. A maioria dos internautas respondeu que está satisfeita no emprego atual ( 54%) e os insatisfeitos foram 46%.
Estar satisfeito em um emprego é muito importante em nossa vida. Muitas vezes é difícil encontrar o emprego que idealizamos, aliás o emprego ideal não existe. Qualquer emprego que tenhamos será em algumas coisas igual a outros empregos anteriores, então é preciso ter bem claro em nossa mente se o que esperamos de um emprego é algo real, possível de ser concretizado ou se o que esperamos é uma idealização, uma utopia.
Mais do que o emprego em si é fundamental em nossas vidas trabalharmos naquilo em que gostamos, amarmos nossa profissão já é um grande passo para conquistar o sucesso profissional. Tem pessoas que trabalham e só vieram a gostar do que fazem depois de um tempo, pessoas que estudaram uma carreira e foram parar em outra totalmente diferente, pessoas que desistem da faculdade e partem para outra, gente que pára de estudar e passam a buscar outros desafios… não existem regras para encontrar a satisfação em nossa vida profissional.
O que deve importar é o bem estar que se sente ao realizar as tarefas diárias, não importa o que os outros vão achar ou falar a respeito.. e seja no que for que se trabalhe : se você é um faxineiro ou um alto executivo.. faça bem feito, dê o melhor de si.. esse é o segredo para ser feliz no trabalho.

junho
15

Olá meus amigos.

Vamos começar a semana falando de uma coisa que acontece com todos nós que atuamos com vendas e metas. Trabalhar com pressão é algo que por mais acostumados que estejamos, sempre estressa e para quem quer resultados a autocobrança massacra.
Vejam: mais cedo ou mais tarde nós ou alguém de nossa equipe vai falhar. Isso é fato. Como lidar com isso é que é o problema. Para algumas pessoas é mais fácil aceitar os erros dos outros do que os próprios erros, é mais fácil perdoar o colega ou subordinado do que perdoar a si mesmo quando ocorre a falha. Já tem pessoas que são o contrário, erram numa boa e nem se sentem tão culpados mas quando alguém da equipe falha, isso torna-se imperdoável.
Seja como for, se o erro foi nosso ou de outros, é preciso que pratiquemos a tolerância. Ser tolerante não significa ser permissivo mas sim possuir um entendimento sobre o fato que de todos podemos e falharemos algum dia ou em alguma ocasião. Entender que nem sempre um erro é totalmente ruim embora às vezes agente pense isso mesmo. Existem várias maneiras de se enxergar um problema, não só uma e quando não nos damos conta disso não conseguimos acertar na solução.
Por isso, seja tolerante com as falhas mas aprenda com elas e não deixe que comecem a ocorrer com muita frequencia. O erro muitas vezes é necessário para o aprimoramento de uma idéia, de um procedimento e até mesmo para enxergarmos a realidade, mas não podemos justificar incompetências e baixos resultados. Encontre um equilíbrio e antes de qualquer atitude, reflita se aquela falha não teve algum ponto positivo.
Um abração a boa semana a todos.